Meu Perfil
BRASIL, Norte, RIO BRANCO, TAQUARI, Homem
MSN - acrewil@hotmail.com



Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Link


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Wilson
 Samuel
 Gardenio
 Eliete
 Cristhiane
 Lourdes
 Secretaria de Educação
 Ministério da Educação


 
 
Escola Prof. João Mariano da Silva


Comunidade escolar recebe com orgulho avaliação do MEC sobre educação do Acre

45% das escolas estaduais alcançaram nota do Ideb acima da média nacional e quatro já têm a nota que estava prevista apenas para 2021

Localizada numa área da periferia de Rio Branco, a escola João Mariano recebe alunos de vários bairros adjacentes.Com 1050 alunos a escola atende do ciclo inicial ao 9º ano. Em 2007, o Ideb do 5º ano foi 4,5. Em 2009, o índice subiu para 5,4. "Vocês são fortes". A frase escrita no quadro de avisos dos professores pelo diretor da escola João Mariano, Wilson Guimarães, resumia a euforia do gestor pelo sucesso no Ideb.

"Estava sem dormir à espera da divulgação. Somos uma escola que tinha tudo para dar errado. Atingimos um patamar num bairro que não possui muita infraestrutura como áreas de lazer e biblioteca para as crianças, mas superamos tudo isso pelo compromisso de todos os professores e funcionários em dar o melhor de cada um", falou emocionado.

Os alunos reconheceram a importância do resultado e comemoraram. "Fiquei muito feliz pela minha escola. Eu me saí muito bem nos testes, pois estudei bastante e tive aulas de reforço com uma boa professora", diz o pequeno Marcos Douglas, 10 anos, aluno da 5ª série sobre as provas aplicadas pelo Ideb.

A professora Rosa Leal, professora da João Mariano, revela: "Eu acho que o segredo do nosso sucesso é ter acreditado que podíamos mudar a realidade. Sinceramente fiquei muito feliz. Nosso esforço valeu a pena. Quando a gente faz o que gosta é tudo prazeroso e o resultado sai melhor."

Adotar programas ousados como políticas públicas é parte do processo de construção da educação do Acre, iniciado pelo atual governador Binho Marques desde os tempos em que foi secretário de Educação durante a gestão de Jorge Viana na prefeitura de Rio Branco. "Naquele momento, o secretário Binho colocava claramente um desenho para definir uma política de educação do Estado. Uma política que vem sendo aperfeiçoada e avaliada constantemente. Certamente, o resultado que obtivemos no Ideb é a demonstração clara de que quando há uma política séria de governo, um esforço conjunto, é possível fazer mudanças significativas. O Acre em 1999 era o último nas avaliações do Saeb, e hoje dependendo da série, estamos entre os primeiros. Isso nos permite dizer que de fato a política de educação implantada no Acre está no rumo certo", avalia a Secretária de Educação, Maria Corrêa.

Indicadores - O Ideb foi criado em 2005, como parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), para medir a qualidade da educação das escolas e da rede de ensino. O índice utiliza escala de zero a dez pontos e é medido a cada dois anos. O objetivo é que o país, a partir do alcance das metas municipais e estaduais, chegue ao índice de 6,0 em 2021, o que corresponde à qualidade do ensino em países desenvolvidos.

Escrito por Mariama Morena e Ernani Baracho - agencia de noticias do acre



Escrito por Escrito por Equipe Gestora às 11h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Inscrições para o Enem prorrogadas para 16/07

O Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogaram as inscrições do Enem, que se encerrariam nesta sexta-feira, dia 9, para o próximo dia 16, sexta-feira, às 23h59. A decisão foi tomada pelo presidente do Inep, Joaquim Neto, que atendeu à solicitação dos governadores de Pernambuco, Eduardo Campos, e de Alagoas, Teotônio Villela. Os dois governadores do Nordeste, preocupados com o impacto das chuvas e das enchentes, fizeram o pedido ao secretário executivo do MEC, Henrique Paim, que percorre a região devastada, à frente de um grupo que estuda a reconstrução das escolas destruídas. Quem ainda não fez sua inscrição tem agora mais sete dias para fazê-la, apenas pela internet, no portal www.enem.inep.gov.br. O valor da inscrição é de R$ 35, mas estão isentos os estudantes da última série do ensino médio em escolas públicas e os que que comprovem a impossibilidade de pagamento preenchendo declaração de carência. É fundamental estar munido de CPF e RG próprios, como documentos de identificação. As provas serão realizadas nos dias 6 e 7 de novembro.

Assessoria de Imprensa do Inep/MEC



Escrito por Escrito por Equipe Gestora às 10h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]